Quando o uso de colírios pode fazer mal?

Você sente necessidade de usar colírios para os olhos constantemente?

É preciso tomar muito cuidado com esse hábito. O uso de colírios deve ser feito apenas quando há indicação médica e não por conta própria, já que isso pode levar ao aparecimento de uma série de problemas nos seus olhos.

Isso acontece principalmente com quem sofre de olhos secos, ou seja, quem tem pouca lubrificação natural nos olhos. Buscando aliviar o problema, muitas pessoas usam indiscriminadamente esse produto e, como a melhora é momentânea e imediata, acabam por não buscar auxílio médico para entender o que está causando a falta de lubrificação ocular.

Ou seja, o problema é apenas mascarado e a verdadeira causa permanece uma incógnita. Pode ser um problema simples, como uso excessivo de ar condicionado? Pode, mas também existe a possibilidade de o paciente estar sofrendo com algum problema ocular mais sério que precisa de tratamento imediato. 

Além disso, ao exagerar no uso de colírios lubrificantes, você acaba criando um círculo vicioso. Isso porque, ao usar meios externos para hidratar os olhos, seu organismo entende que não precisa produzir lubrificação, causando ainda mais ressecamento e exigindo aplicações de colírios cada vez mais frequentes.

 

Mas então o que fazer para melhorar a falta de lubrificação ocular?

 

Se você está sofrendo com olhos secos, a principal dica é procurar auxílio de um oftalmologista para entender a causa do problema e investigar se esse sintoma não está atrelado a algum problema de saúde.

Caso seja constatado que não, existem algum hábitos que podem ajudar a aumentar a lubrificação do olho de forma natural.

Pessoas que passam muito tempo em frente a computadores e celulares devem se certificar de fazer pausas regulares para piscar os olhos e desafixá-los das telas. Além disso, se for o caso, procure diminuir o uso do ar condicionado, que é um grande fator de ressecamento. Tomar água e hidratar o corpo também vai ajudar muito na melhora do quadro.

Na maioria dos casos, a resposta para o ressecamento ocular estará na sua rotina e, com algumas medidas simples, você poderá reverter esse quadro de desconforto.

 

E os colírios clareadores?

 

Muito mais perigosos que os colírios lubrificantes, os colírios clareadores se tornaram cada vez mais comuns, mas é preciso tomar muito cuidado com eles.

Isso porque esse tipo de produto vasoconstritor age de maneira a diminuir o calibre dos vasos sanguíneos e, consequentemente, diminuindo a vermelhidão do olho e causando sensação de clareamento. Contudo, o efeito vasoconstritor não se restringe apenas a região ocular, entrando em contato com a corrente sanguínea e podendo causar problemas para a sua saúde. 

 

Se você está sentindo algum tipo de desconforto ocular, procure auxílio médico qualificado e não tente resolver o problema por conta própria. Nossos olhos são estruturas muito sensíveis e somente o oftalmologista pode indicar ou contraindicar qualquer tipo de colírio ou medicamento. 

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Inscreva-se na newsletter e receba todas as novidades

    LEIA MAIS PUBLICAÇÕES

    CBO-SBOP-Retinoblastoma

    CBO-SBOP-Retinoblastoma PDF…

    Tratamento da oncologia ocular ganha técnicas mais modernas e menos invasivas e amplia chances de cura

    Tratamento da oncologia ocular ganha técnicas mais modernas e menos invasivas e amplia chances de cura – esse é o …

    Existe Câncer nos olhos?

    O câncer ocular é uma patologia incomum e não atinge uma faixa etária muito específica. Por isso é necessário fazer visi…

    confira nosso instagram

    Av. T-2, n 401 - Setor Bueno
    CEP 74.210-010 - Goiânia - GO CNPJ: 00.250.178/0001-90

    Horário de Funcionamento

    Segunda a sexta das 08h às 18h – Atendimento de Urgência 24h

    Redes Sociais

    CBCO – Hospital de Olhos:

    Responsável Técnico: Dr. Arnaldo Cialdini – CRM/GO 5526 – RQE 949

    © Copyright 2021 | CBCO - Todos os direitos reservados.

    Fale Conosco Agora!