Porque não percebemos lágrimas nos bebês?

Os bebês choram suas primeiras horas de vida. E muitos pais percebem é que apesar de todo esse choro, as lágrimas dos bebês simplesmente parecem não existir! À primeira vista, os papais e mamães não conseguem enxergar lágrimas no choro dos bebês. E então, surge a dúvida: será que os bebês de fato não produzem lágrimas?!

A verdade é que os bebês produzem lágrimas sim, e desde o nascimento.
Acredita-se que a criança nasce e produz lágrimas, mas em uma quantidade muito menor do que os adultos, por isso à primeira vista pode parecer que os pequenos não produzem lágrimas. O fato é que nos primeiros meses de vida, o bebê de fato não precisa de muitas lágrimas, por isso não as produz em grande quantidade. Uma das principais funções das lágrimas é diminuir o atrito quando piscamos os olhos, como o bebê novinho passa a maior parte do tempo com os olhos fechados, ele não precisa produzir tantas lágrimas.

Por volta dos três meses de vida, os bebês começam a ficar mais tempo com os olhos abertos e a produção de lágrimas aumenta. Conforme ele cresce, mantem os olhos mais abertos e pisca mais, de modo que a quantidade de lágrimas que o bebê produz vai aumentando.

“Olhos lacrimejando constantemente em um bebê podem ser sinal de que o canal lacrimal está obstruído.”

Portanto, a “falta” de lágrimas não deve ser uma preocupação entre os pais. Porém, é preciso ficar atento para o excesso de lágrimas. Caso seu bebê fique com os olhos lacrimejando constantemente, mesmo quando não esteja chorando, é importante entrar em contato com o pediatra. Isto porque olhos lacrimejando constantemente em um bebê podem ser sinal de que o canal lacrimal está obstruído.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Inscreva-se na newsletter e receba todas as novidades

    LEIA MAIS PUBLICAÇÕES

    A importância do diagnóstico visual precoce do bebê

    Você sabe por que é tão importante fazer o teste do olhinho no seu bebê? A maioria das doenças oftalmopediátricas, como …

    A luz azul das telas dos smartfones acelera a cegueira, revela estudo

    Luz de dispositivos digitais desencadeia criação de molécula tóxica na retina que pode causar degeneração macular Cienti…

    A seca chegou: pele e olhos pedem cuidados

    Um dos maiores riscos do período é a automedicação. A baixa umidade incentiva o uso de colírios e pomadas Irritações, co…

    confira nosso instagram

    Av. T-2, n 401 - Setor Bueno
    CEP 74.210-010 - Goiânia - GO CNPJ: 00.250.178/0001-90

    Horário de Funcionamento

    Segunda a sexta das 08h às 18h – Atendimento de Urgência 24h

    Redes Sociais

    CBCO – Hospital de Olhos:

    Responsável Técnico: Dr. Arnaldo Cialdini – CRM/GO 5526 – RQE 949

    © Copyright 2021 | CBCO - Todos os direitos reservados.

    Fale Conosco Agora!