Hipermetropia – uma anomalia refracional

Em artigo publicado nos Arquivos Brasileiros de Oftalmologia, Dr. Edison Geraissate realizou uma atualização sobre o assunto hipermetropia.
A Hipermetropia é uma anomalia refracional, onde os raios procedentes do infinito apresentam o seu foco atrás da retina, quando o olho está em repouso. Se um objeto situado no infinito for se aproximando pouco a pouco do olho, será visto cada vez mais embaçado, já que a imagem retiniana vai desfocando progressivamente. Quanto mais divergentes forem os raios que incidem no olho, mais atrás se formará a imagem e mais borrada ficará, porque maior será o círculo de difusão. É a condição anatômica do olho curto. É importante destacar que quando axial, esse é um olho pequeno anatomicamente, “por dentro”.
As lesões de fundo de olho na hipermetropia são raras, destacando-se a pseudoneurite e as tortuosidades vasculares. A pseudoneurite óptica da hipermetropia é uma anomalia pouco frequente manifestando-se especialmente nas hipermetropias elevadas (bilateralmente em 80% dos casos). Na pseudoneurite a papila apresenta os seus bordos borrados, particularmente do lado nasal.
Apesar de ser um vício de refração de grande frequência, o aparecimento dos sintomas é que define a necessidade de correção, independentemente do valor da dioptria encontrada. Devem, entretanto, ser prescritas lentes, o mais cedo possível, para crianças estrábicas com hipermetropias, verificadas sob cicloplegia cuidadosa. Existem autores que o recomendam para o primeiro ano de vida.
A intervenção precoce deve ser analisada em seu custo/benefício, a fim de inibir uma eventual emetropização ativa. Bom número de crianças chegam à escola com certo grau de hipermetropia e, ao esforço visual, manifestam-se sintomas, nem sempre explícitos. Os mais frequentes são dificuldade de concentração, cansaço, astenopia e sono aos esforços mais constantes.
O artigo completo pode ser acessado clicando aqui.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Inscreva-se na newsletter e receba todas as novidades

    LEIA MAIS PUBLICAÇÕES

    Levem seus filhos ao Oftalmologista

    Este é um relato e alerta importante contato por Dani Pacces: Escrevo para alertar a maior quantidade possível de famili…

    Quem pode fazer a cirurgia refrativa?

    Acordar, abrir os olhos e enxergar perfeitamente. Por mais simples que isso pareça, é o sonho de muitas pessoas que depe…

    Como cuidar dos olhos do seu bebê

    Existem poucas alegrias maiores do que a chegada de um bebê em uma família e para curtir esse momento sem preocupações o…

    confira nosso instagram

    Av. T-2, n 401 - Setor Bueno
    CEP 74.210-010 - Goiânia - GO CNPJ: 00.250.178/0001-90

    Horário de Funcionamento

    Segunda a sexta das 08h às 18h – Atendimento de Urgência 24h

    Redes Sociais

    CBCO – Hospital de Olhos:

    Responsável Técnico: Dr. Arnaldo Cialdini – CRM/GO 5526 – RQE 949

    © Copyright 2021 | CBCO - Todos os direitos reservados.

    Fale Conosco Agora!